Tempestade atinge 220 famílias em Corumbá

Janeiro 14, 20213:02 pm

A tempestade da madrugada desta quarta-feira (13), atingiu 220 famílias, vítimas da força da água. O CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) registrou mais de 187 milímetros que caíram na cidade, provocando transtornos para centenas de moradores. O previsto para todo mês de janeiro é de 145,4 milímetros.

De acordo o meteorologista Nathálio Abrãao, a região com maior volume de chuvas no Estado, no monitorado até as 4h30 de ontem, foi Corumbá que registrou enchentes em toda a cidade. “Na região da prainha do Porto Geral choveu 158,6 mm e no aeroporto foram mais 123,2 mm”.

Elizandra de Oliveira moradora do Bairro Cristo Redentor, um dos mais afetados com a chuva está ainda em estado de choque. “É muito doloroso ver o que você batalha tanto para conseguir se perder assim em um instante”, desabafou. Ela contou que perdeu vários móveis, colchões, roupas, alimentos e materiais eletrodomésticos.

Um rapaz morador do Bairro Popular Velha, que também foi um dos bairros mais atingidos ficou com todos os compartimentos da casa alagados. “Minha mãe até passou mal com a situação e está hospitalizada. Estou em casa, não fui trabalhar para tentar socorrer as coisas”, comentou.

Os trabalhos emergenciais no ponto de atendimento que a Prefeitura Municipal montou, localizado na Escola José de Souza Damy foram realizados até às 22 horas de ontem. Equipes da Defesa Civil, da Guarda Civil Municipal e da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos ficaram de plantão até o início da manhã desta quinta-feira.

Durante todo o dia de ontem, a Prefeitura entregou 245 marmitas (somando almoço e jantar) às pessoas da região e 70 famílias receberam as doações de roupas e utensílios. Apenas uma família aceitou ser abrigada na Casa de Passagem. A Prefeitura reforça que o Poliesportivo segue pronto para receber possíveis desabrigados pelas chuvas.

A Prefeitura Municipal de Corumbá decretou situação de emergência em Corumbá por causa dos problemas provocados pela forte chuva que atingiu a cidade entre a noite de terça-feira e a manhã desta quarta, dia 13. O Decreto Nº 2.465 foi publicado no DIOCORUMBÁ de hoje.

Solidariedade

Um grupo de amigos se reuniu para prestar solidariedade a famílias atingidas pela chuva. Foram feitas por esse grupo 80 marmitas e distribuídas para moradores do Bairro Cristo Redentor, um dos mais atingidos pela tempestade.

 

Fonte: Capital Do Pantanal

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários