SIG prende traficante homicida

Abril 12, 201811:39 am

Divulgação / SIG

Contra Leandro, havia um mandado de prisão em regime fechado de sentença definitiva com pena superior a 13 anos, por homicídio

Após reestruturação realizada pela Polícia Civil, o SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Corumbá, sob coordenação do delegado Rodrigo Blonkowski, fez na tarde de quarta-feira, 11 de abril, prisão de um homem por tráfico de drogas em local que já havia sido alvo de ação dos policiais. Além da investida contra a venda de entorpecentes no perímetro urbano da cidade, o SIG foi responsável pela prisão de foragido da Justiça acusado de homicídio.

A ação aconteceu após denúncias de prática da atividade ilícita nas proximidades da rua São Paulo, bairro Cristo Redentor. Desde então, a Polícia começou a monitorar a região. O local já havia sido alvo de ações policiais no ano passado, quando foi preso indivíduo identificado como “Checho” e a proprietária da “Boca da Maria”, que traficava com a ajuda de comparsas, os “ninjas”. A Polícia Civil informou que devido a diminuição dos monitoramentos, alguns pontos se reinstalaram na cidade, como no caso de terça.

Por volta das 13h30, após monitorar o local e identificar Leandro Silva de Souza, de 30 anos,  comercializando e preparando “paradinhas” de maconha e cocaína próximo a um morro no final da rua, lugar privilegiado geograficamente, dando possibilidade de fuga para usuários e traficantes, os policiais conseguiram realizar a abordagem. Com ele, foram encontradas 18 porções de maconha pesando 29 gramas, além de 3 gramas que estava em um pote transparente que o autor estava preparando. Em uma meia de cor preta foram encontradas 27 “paradinhas” de cocaína, pesando 6,2 gramas. Em uma meia rosa, havia 23 “paradinhas” de pasta base, pesando cerca de 8,6 gramas. Ainda com ele foram apreendidos R$ 77 em notas miúdas, típico de venda de entorpecentes, um celular, uma faca e uma gilete, objetos utilizados para o preparo dos entorpecentes.

O indivíduo admitiu a prática, além de ser reincidente no delito. Ao ser encaminhado para o SIG da Delegacia Regional de Corumbá, os investigadores constataram que havia contra Leandro um mandado de prisão em regime fechado de sentença definitiva com pena superior a 13 anos, por homicídio.

O SIG reforça que continuará realizando investigações visando o combate ao tráfico de drogas. Denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp que voltou a operar no numero (67)  9 9272-6380.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários