Seis pessoas testam positivo no Drive Thru, 5 de Corumbá e 1 de Ladário

Maio 22, 20209:37 am

O Laboratório da Embrapa/Fiocruz emitiu na noite do dia 21 de maio, os resultados das 25 pessoas que realizaram o teste para o Covid-19 no Drive Thru, na última quarta-feira, dia 20, 6 foram positivos. Sendo 5 de Corumbá, três homens, com 25, 39 e 52 anos, e  duas mulheres com 42 e 49. Em Ladário, o caso é de um homem de 40 anos.

 

Logo após a emissão dos resultados, a Unidade de Resposta Rápida – URR da Secretaria de Saúde de Corumbá entrou em contato com os casos positivos, e realizou os protocolos de notificação necessário, e reforçou as orientações quanto aos procedimentos de isolamento domiciliar e o monitoramento diário do quadro de saúde. Um dos casos confirmados relatou que teve contato com paciente contaminado, as demais formas de contágio estão sendo investigadas.

 

A Secretaria de Saúde reforça a importância de todos os casos positivos e das pessoas contactantes, principalmente as que possuem contato contínuo, como moradores da mesma casa,  cumprirem rigorosamente o isolamento domiciliar de 14 dias, pois além de ser considerado crime, o não cumprimento poderá transmitir o vírus para outras pessoas, evitando assim a disseminação.

 

Até o dia 19 de maio, somando os exames realizados no drive e pela Unidade Sentinela, Corumbá já testou e notificou 245 casos, 17 confirmados, 5 aguardando resultado e 222 descartados.

 

Reforçamos a importância da população caso tenha algum sintoma, como febre, tosse, cansaço, perda de olfato ou paladar, que procurem uma unidade de saúde ou liguem para o Disk Covid, para atendimento por telefone e agendamento da testagem. O serviço funciona das 8h às 18h, todos os dias, inclusive aos finais de semana e feriados, pelos números (67) 98472-8850 ∕ 98467-4573 ∕ 98473-2408.

 

A Secretaria de Estado de Saúde publica diariamente o boletim epidemiológico referente aos casos de coronavírus. As informações divulgadas são os dados oficiais consolidados enviados ao Estado que são repassados ao Ministério da Saúde.

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários