Seguro obrigatório não será cobrado em 2021, determina conselho – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

dezembro 30, 20204:33 pm

O CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados), vinculado ao Ministério da Economia, determinou que o seguro obrigatório DPVAT não seja cobrado em 2021.

O DPVAT é o seguro obrigatório utilizado para indenização de vítimas de trânsito.

De acordo com o G1, não haverá cobrança porque o seguro obrigatório tem recursos suficientes para operar em 2021. Os recursos são de arrecadações de anos anteriores e que não foram utilizados.

A decisão é válida somente para o ano que vem. O conselho volta a se reunir para tomar nova decisão em relação a 2022. Neste o seguro obrigatório passou por redução de 68% para carros, custando R$ 5,23, e de 86% para motos, valor de R$ 12,30.

Na reunião de terça-feira o conselho ainda decidiu que o Susep (Superintendência de Seguros Privados) deve contratar um novo operador para o DPVAT.

De todo o valor arrecadado pelo pagamento do seguro obrigatório, 50% são destinados ao pagamento de indenizações, 45% vão para o Ministério da Saúde e 5% para programas de prevenção de acidentes. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários