Se “zum zum zum” da Mega for real salvará 13º no interior de MS

Janeiro 2, 201911:57 am

A quarta-feira, 2 de janeiro, começou agitada e com ela a pergunta que não quer calar: quem fez a aposta ganhadora? Em Mato Grosso do Sul, três jogos estão entre os 52 que vão dividir o prêmio da Mega da Virada. Um bolão organizado por servidores da prefeitura de Coxim, a 260 km de Campo Grande, está entre os palpites.

Na cidade também chamada de “Capital Nacional do Peixe”, “Terra do Pé-de-cedro” ou “Portal do Pantanal”, dois comentários rolam entre os moradores, o primeiro de que a aposta vencedora partiu de um bolão organizado por servidores da prefeitura e o segundo de que a vencedora seja uma única mulher.

Caso a especulação do bolão se confirme, o dinheiro chegará em boa hora aos participantes, que estão com salários atrasados e sem receber o 13º salário. O bolão teria 40 pessoas, servidores e não servidores.

A falta de pagamento dos servidores públicos municipais de Coxim se arrasta desde o mês de outubro. À época, os funcionários iniciaram uma greve com passeata e movimentação na Câmara Municipal de vereadores.

Falta de pagamento dos servidores públicos municipais de Coxim se arrasta desde o mês de outubro. (Foto: Divulgação)

Falta de pagamento dos servidores públicos municipais de Coxim se arrasta desde o mês de outubro. (Foto: Divulgação)

Costa Rica – A curiosidade é grande também em Costa Rica, a 305 km da Capital, mas ninguém se arrisca a “cravar” o nome do vencedor. Nesta manhã, o clima é de sigilo na cidade também conhecida como a “Capital Estadual do Algodão” e com pouco mais de 19,2 mil habitantes.

O município conta com apenas uma lotérica localizada na Avenida José Ferreira da Costa, no Centro. A reportagem tentou contato por telefone, mas não foi atendida.

O burburinho domina, inclusive, grupos de WhatsApp desde a noite do dia 31. “Mandaram a foto de um bilhete premiado, mas é falso. Ninguém nem tem ideia de quem foi”, comenta funcionária do Supermercado Guanabara, um dos mais tradicionais da cidade.

Ainda na cidade, há burburinho de que o próprio dono da Lotérica Costa Rica tenha feito a aposta.

Mas na Farmácia Oriente, os funcionários seguem na mesma linha de boato que dominou o município ontem. “Dizem que foi o dono do posto que ganhou”, conta o atendente David Costa, lembrando que são 4 postos de combustíveis na cidade e ninguém aponta de forma certeira em qual deles estaria o sortudo. “Ninguém ainda sumiu da cidade”, reforça.

O comentário mais forte em Costa Rica é de que o bolão garantiu a alegria de um frentista e de seus amigos. O Campo Grande News ligou para todos os postos e os responsáveis garantiram que a equipe continua completa. No Auto Posto Costa Rica, a atendente, que não quis se identificar, assegurou: “Todos mundo veio trabalhar hoje. Então, os ganhadores não são daqui”.

Corumbá – Em Corumbá, município a 419 km de Campo Grande, a busca nesta quarta-feira (2) é pela lotérica que recebeu o jogo sorteado. A cidade tem o triplo de habitantes das outras duas, por isso fica ainda mais complicado encontrar quem fez a aposta da Mega da Virada.

A proprietária da Padaria Preferida, no Centro de Corumbá, confirma que o assunto de quem foi comprar pão nesta manhã é de que um bolão entre cinco ou sete policiais militares foi o vencedor. “Eu só fiquei triste por não ter sido eu a ganhadora”, avaliou a proprietária.

Na concorrente, a Panificadora Mana, a atendente Luciene de Souza Torres, de 35 anos, diz que até pensou que fosse um de seus colegas. “O comentário está grande. Está todo mundo curioso se é rico, se é e pobre. Eu cheguei aqui para trabalhar achei até que era um colega nosso porque ele havia jogado em um bolão, mas, infelizmente, não foi ele”, disse.

Fonte: Campo Grande News
Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários