Força tarefa na fronteira foi chefiada pela Marinha do Brasil

setembro 6, 201910:54 am

A ação ocorreu na região de Corumbá, Ladário e Porto Murtinho e utilizou cães farejadores durante as barreiras de fiscalização. Ainda conforme o site Diário Corumbaense, durante a operação, foram realizadas vistorias e ações diversas em aproximadamente 100 embarcações fluviais, 2.700 veículos leves, caminhões, ônibus, vans, pedestres e bicicletas, além da fiscalização de produtos controlados.

Ao todo, a operação empregou cerca de mil militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e de agentes dos OSPF (Órgãos de Segurança Pública e Fiscalização), além dos cães farejadores do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário e da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira.

Durante a operação, também foi realizada enquete para saber a relevância das ações na fronteira. Cerca de 85% dos abordados consideraram “muito importante”, e 97% avaliam que a sensação segurança na faixa de fronteira “aumentou”. A atuação conjunta das Forças Armadas com os órgãos de segurança de fronteria também foi considerada positiva, com índice de 99%.

Fonte: Campo Grande News

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários