Argentino preso por estuprar crianças era padrinho de uma das vítimas

dezembro 29, 20202:46 pm

O argentino Sixto Rufino Ortiz de 75 anos preso há dez dias por estuprar duas crianças, uma menina de 7 anos e um menino de 10 anos em Dourados, a 233 km de Campo Grande, era padrinho de uma delas. Conforme a investigação da polícia, ele se aproximou da família há 9 anos, antes mesmo do nascimento da menina.

Quando a criança nasceu, conforme o portal Dourados News, ele teria pedido aos pais para ser padrinho e tratava a menina com carinho e presentes ganhando assim, a confiança dos pais.

Ainda foi constatado que Sixto tentou molestar a irmã da vítima quando ela tinha 11 anos, como não conseguiu ameaçou matá-la temendo ser denunciado.

O homem também era procurado pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal), por crimes sexuais cometidos na Argentina.

O argentino foi preso quando chegava na lan house, que fica no Jardim São Pedro no dia 19 de dezembro. Através das investigações e depoimentos de testemunhas foi constatado que ele esteve com a menina e um garoto de dez anos ao menos 12 vezes no estabelecimento.

A prisão preventiva foi representada após a polícia juntamente com o Conselho Tutelar identificar as crianças nas imagens de segurança da lan house. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS29

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários