Aquidauana confirma morte de índio de 35 anos por covid, o 4º óbito no município

julho 22, 202010:43 am

Índio terena, de 35 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (22), vítima do novo coronavírus (covid-19), em Aquidauana, a 121 quilômetros de Campo Grande. A prefeitura ainda investiga outros três óbitos de indígenas ocorridos de ontem para hoje.

Airson Kalisini Joaquim morava na Aldeia Lagoinha, estava internado no Hospital Regional de Aquidauana e morreu durante a madrugada. A informação é que ele era diabético.

Na rede social publicação lamentou o falecimento dele e alerta para que os indígenas tenham cuidado com a doença. “Irmãos, peço que tenham o máximo de cuidado, pois ainda tem gente q não está levando a sério. É uma dor terrível perder alguém próximo, mas uma mãe não pode velar seu filho”.

A secretária Municipal de Saúde, Cláudia Franco Fernandes Souza, disse que foram quatro mortes de índios de ontem para hoje. Os outros casos eram de pessoas que estavam em isolamento em suas casas, nas aldeias Ipegue e Bananal e ainda estão sob investigação.

Agora, o município tem 4 mortes confirmadas por covid, sendo 3 das comunidades indígenas de Aquidauana.

Cláudia Souza está reunida com equipe do pólo base da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) e equipe da secretaria municipal para ampliar a estratégia de biossegurança na região do Limão Verde, Cipolândia e no distrito de Taunay. “Vamos fazer coleta dos que apresentarem sintomas gripais e isolar os já confirmados nas escolas”, disse.

A secretária disse que foi pedido apoio, há algumas semanas, por meio da equipe da Sesai da região, para que o Exército auxilie no trabalho. Segundo ela, há falta de EPIs (Equipamento de Proteção Individual), que acabam sendo repassados pela prefeitura de Aquidauana. Em Aquidauana, a comunidade indígena se divide em 10 aldeias e o distrito de Taunay.

A reportagem não conseguiu contato com o DSEI (Distrito Sanitário Especial Indígena), subordinado à Sesai em Campo Grande para falar da distribuição dos EPIs e trabalho de combate da covid nas aldeias, mas não obteve retorno.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários