Aeronave com 12 mil litros de água combate incêndio no Pantanal

julho 27, 202010:27 am

Com mais de mil focos de incêndio no Pantanal, o combate às chamas ganha o reforço do Hércules C-130 da FAB (Força Aérea Brasileira), que já está na Base Aérea de Campo Grande. Abastecido com 12 mil litros de água em três reservatórios de 4 mil litros cada, a aeronave está pronta para decolar na segunda-feira (27.7). Ela irá operar a partir da Capital por conta do tamanho da pista.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel Joilson Alves do Amaral, o uso das aeronaves como o C-130 e os helicópteros da Aeronáutica e da Marinha permitem uma maior aproximação por terra dos bombeiros militares e brigadistas. “Além desse C-130, temos os dois helicópteros com cestas que coletam água e levam para a linha de fogo diminuindo a temperatura e permitindo a chegada dos combatentes”, explicou.

Ainda conforme ele, cerca de 50 militares do Corpo de Bombeiros trabalham na operação, com o apoio de oito veículos terrestres da corporação, além dos brigadistas do Ibama, Polícia Militar Ambiental e o apoio das três forças armadas. A maior dificuldade está no deslocamento até os focos porque os terrenos são acidentados, de difícil acesso.

Foram mobilizados para a Operação Pantanal II, bombeiros de Corumbá, Jardim, Aquidauana, Maracaju, Ponta Porã e Campo Grande, além de 18 brigadistas do Prevfogo, do Ibama. O Centro de Comando da Operação foi instalado em Ladário.

Por conta do incêndio, o governador Reinaldo Azambuja decretou situação de emergência ambiental na área do Pantanal de Mato Grosso do Sul por 180 dias e suspendeu os efeitos das autorizações ambientais de queima controlada.

Três compartimentos foram cheios com 4 mil litros de água, cada

Paulo Fernandes, Subcom

Fonte: Portal de Noticias do Governo de MS

Tags:
COMPARTILHAR:

Comentários

comentários